Prefeitura de Picuí e IFPB realizam primeira atividade do Projeto E-Lixo

Publicado em 04/07/2019 às 08:07

Prefeitura de Picuí e IFPB realizam primeira atividade do Projeto E-Lixo

Aconteceu nesta quarta, 03 de julho, no Auditório Municipal Djailma de Lima Vasconcelos, a palestra "Contaminação de água e solo por metais pesados", proferida pelo geólogo Alan Kellnon, especialista em Análise Ambiental e mestrando em Desenvolvimento e Meio Ambiente – primeira atividade desenvolvida pelo projeto de extensão “E-lixo: conscientização e descarte correto de lixo eletrônico no município de Picuí-PB”, idealizado pela professora Samara Ribeiro, uma parceria do IFPB-Campus Picuí com a Prefeitura Municipal de Picuí.

O prefeito Olivânio Remígio participou da atividade e, no final, pontuou: “Foi um evento extremamente importante, para tratar da questão do lixo eletrônico. A gestão municipal vai trabalhar para que Picuí seja o primeiro município das regiões do Seridó e Curimataú da Paraíba na busca de alternativas no que diz respeito à contaminação do nosso meio ambiente através do material existente nas nossas casas: o celular velho, o computador obsoleto, qualquer máquina eletrônica que não serve mais, que possam ter uma destinação correta através do Ecoponto.  Esta é mais uma parceria da Prefeitura de Picuí com o IFPB, buscando alternativas para a questão dos resíduos, sejam eles de qualquer natureza; já temos o trabalho com o resíduo orgânico, através da coleta do coco verde e da poda de árvores – o Projeto Fábrica de Solos –, e agora através da coleta do lixo eletrônico.

Ranieri Ferreira, secretário de Agricultura, Turismo e Meio Ambiente, ressaltou: “Hoje foi um dia importante do Projeto E-lixo: conscientização e descarte correto de lixo eletrônico no município de Picuí-PB, com a realização da primeira palestra teve a participação de diversos segmentos da sociedade picuiense: os profissionais da saúde, da educação e de todas as secretarias municipais; estudantes e professores do IFPB, então tivemos uma ótima representatividade, o que vai ajudar a sensibilizar a sociedade para que possamos fazer uma boa coleta e o projeto obter o resultado desejado. A palestra foi muito provocadora, no que diz respeito aos males que os metais pesados que são advindos do lixo eletrônico que nós descartamos fazem à saúde das pessoas e ao meio ambiente. Picuí vai ganhar muito com este projeto, será visto lá fora como um município que saiu na frente na preocupação com o lixo eletrônico”.

Samara Ribeiro, idealizadora do projeto, finalizou dizendo: “Fiquei muito feliz com a participação efetiva dos alunos do IFPB e da população picuiense. A palestra teve a intenção de informar as pessoas sobre a contaminação de água e solo por metais pesados, é um tema de grande importância e que merece ser discutido no seio da sociedade para que as pessoas entendam a razão de se descartar corretamente o lixo eletrônico; que este não é um assunto aleatório e que este problema está no nosso dia a dia e que merece uma atenção maior para que posteriormente não tenhamos tantos problemas. Então é importante discutirmos hoje, é importante reciclar, reduzir, reutilizar e é muito importante o papel da gestão municipal em recolher este material e descartar corretamente.  São poucos os municípios que apresentam um programa deste tipo, então a parceria do IFPB com a Prefeitura de Picui veio em boa hora, trazendo um maior bem estar para a população picuiense”.

Imagens
  • 1.jpeg
  • 3.jpeg
Tempo
Picuí - PB
Mín 18ºC
24º
Máx 31ºC
Parcialmente nublado

Mais Lidas